Translate

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Máquina de Pão, vale a pena?


Tenho esta máquina de pão Multipane da Britânia com 12 funções há 3 meses. 

Minha experiência com ela foi boa. Fiz vários pães que deram certo, os pãe saem bem fofinhos. Consegui fazer vários tipos de pães, cada um com sabores e texturas diferentes.

A melhor parte que eu acho é a função Timer, que permite que eu programe o horário que o pão ficará pronto. Então, quando acordo pela manhã, já sinto o cheiro do pão quentinho saído do forno.

Ainda não testei bolos nem geléias. Mas, além de pão fiz uma receita de pizza que peguei na internet e deu muito certo, a máquina substituiu todo o trabalho de sovar a massa. No final tive apenas que abrir a massa com o rolo.

Apesar de estar gostando bastante dos pães que faço com esta máquina, também tive algumas experiências não tão boas.

Na primeira vez que usei a máquina, o batedor ficou preso e achei que não iria sair, li vários depoimentos na internet, dizendo para deixar de molho na água quente, mas não funcionou. Só consegui tirar quando fiz o segundo pão e então o batedor saiu sozinho (uffa!). O problema do batedor não sair é que ele acumula massa crua, com o tempo fica com cheiro ruim e não é legal manter ele lá. A minha dica é, tire o batedor logo quando tira o pão da forma, pois ele ainda estará quente e a massa não vai grudar, então sai bem fácil.

Com relação às receitas que vem no livro junto com a máquina, nem todas deram certo, me decepcionei bastante com a máquina, pois perdi vários ingredientes e tive o desgosto de acordar e o pão estar ressecado dentro da máquina ou apresentar farinha de trigo ou solado. Isto acontece ou porque teve muito líquido ou pouco líquido na receita. 

Ainda sobre os pães, eles devem ser consumidos no mesmo dia, idealmente, em até 6h, pois depois deste tempo alguns pães (como o pão francês) fica bem duro e ressecado. Já li recomendações de guardar o pão em um pote fechado na geladeira, para durar mais, mas ainda não testei. (O pão de 450g sempre acaba na primeira hora kkkkk)

No primeiro mês testei várias receitas de pão, mas no segundo mês em diantes, que o pão já não era novidade, fiquei apenas repetindo as receitas que deram certo.

O formato do pão assado na máquina é estilo pão de forma. Mas, é possível usar a máquina apenas para sovar e deixar inchar. Depois a pessoa tira da máquina e faz o formato que desejar. Fiz isso com a receita de pão francês do livro e achei que o pão ficou ainda mais gostoso quando fiz várias poções menores.

Vou deixar uma receita de pão para vocês no blog (menu lateral), que sempre dá certo e não tem no livro de receita. Este pão é o equivalente ao pão de forma que compramos na padaria.


Pão Petrópolis
Pão de Chocolate (Receita pão francês)

Pão de Chocolate (Receita pão francês)




domingo, 24 de fevereiro de 2019

Panela de Pressão Elétrica, vale a pena?


Se você está com dúvida se ela realmente funciona, eu vou te contar. Estou usando esta panela há 1 mês e já tenho uma opinião.

A que eu estou usando é da marca Mondial e tem 5L (litros). As comidas que eu já fiz nela foram: macarrão na manteiga, feijão, arroz e carne moída.

Como você pode perceber, dei prioridade as receitas mais triviais e depois vou tentar fazer receitas mais diferenciadas.

O que mais gostei é que não tem perigo de queimar, pois a máquina desliga sozinha. Além disso, ela é muito fácil de limpar, pois a cuba sai e pode ser lavada na pia. Achei mais fácil que a limpesa da panela de pressão tradicional.

Para esta panela não precisa colocar muita água, mas é bom seguir as receitas do manual de instruções.

As receitas já estão no blog, você pode ver no menu lateral.

Vou descrever minha experiência com cada uma destas receitas.



MACARRÃO:

Prós:
Gostei bastante, pois o macarrão ficou soltinho. Como na receita já coloquei sal e manteiga, ele ficou com um sabor diferenciado.

Contra:
O macarrão fica com bastante água, é necessário escorrer para comer.

FEIJÃO:

Prós:
O feijão ficou cozinhado completamente, já com os temperos e sal (se preferir), já sai pronto para comer após o tempo de preparo Feijão (40 min).

Contra:
Dependendo do tipo do feijão e do tempo que deixar de molho, ele pode ficar muito machucado, se usar a função automática "feijão - 40min".

ARROZ:

Prós:
Se a idéia é fazer um risoto, utilizando o modo Arroz, o resultado é muito bom, pois o arroz fica ligadinho e ainda com o molho, caso tenha temperado bem o arroz.

Contra:
O arroz não fica soltinho após o tempo de preparo Arroz (10 min) e ainda tem água, sendo necessário escorrer.

CARNE MOÍDA:

Prós:
A carne sai pronta para comer após o preparo, já com todos os temperos e legumes.

Contra:
Foi necessário colocar mais um tempo de preparo para a carne ficar bem cozida, além do tempo definido para Carnes (16 min).

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Café - Dolce Gusto x Três Corações

Se está em dúvida entre as seguintes cafeteiras de cápsulas: Dolce Gusto e Três Corações? Eu possuo as duas e vou dar a minha opinião.
 

Dolce Gusto:


 








Comprei o modelo ME, que é automática, ou seja, a gente indica qual a quantidade de café na própria máquina, basta mover para cima e para baixo de acordo com a cápsula.

As caixas vêm sempre com 16 cápsulas, sendo que há sabores que precisam de 2 cápsulas, com isso só dá para fazer 8 xícaras. As caixas variam entre R$ 18 a R$ 25 reais. Existe vários planos de assinatura no site da www.dolcegusto.com.br, onde é possível ter um desconto no valor das caixas. Há promoções que você compra uma quantidade de caixas e máquina sai de "graça". Vale a pena conferir.

Sabor:
Gostei da maioria dos sabores de café, inclusive das opções de chá gelado (pêssego e limão). Não gostei da cápsula de Nescau, pois achei aguado. Mas, as opções de chocolate quente: choccochino e o choco caramel são muito boas. A cápsula com 1 palito é de 35ml e a cápsula com 7 palitos é de 180 ml (geralmente os de 2 cápsulas).

Limpeza:
Fácil limpeza, pois não acumula café dentro da máquina. De vez em quando tem que limpar o reservatório de água. A bandeja onde fica a cápsula e o suporte da xícara tem que ser lavado periodicamente, mas a limpeza é muito fácil.


Três Corações:


Preparo de cápsula
Quantidade "Azul" é 80 ml
 Comprei o modelo S04, que é automática, ou seja, a gente indica qual a quantidade de café na própria máquina, basta escolher a cor da xícara de acordo com a cápsula.

As caixas vêm com 10 cápsulas. As caixas variam entre R$ 15 a R$ 20 reais. Quando comprei veio uma promoção que ao cadastrar a máquina no site, eles enviavam de "graça" 200 reais em cápsulas e chegou mesmo, com vários sabores variados.

Sabor:
Gostei da maioria dos sabores de café, inclusive das opções de chá quente (camomila). Não gostei das cápsulas de chocolate quente, achei pouca quantidade e o sabor é aguado. A cápsula laranja é de 50 ml, a azul 80 ml e a verde é 100 ml.
  

Cápsula para limpeza
Água após limpeza
Limpeza:
A limpeza desta máquina dá um pouco de trabalho, pois não é só limpeza dos suportes, mas também do bico por onde sai o café. Lá fica armazenado um pouco do cápsula preparada anteriormente. Com isso, se fizer uma bebida de café e depois for fazer uma de chocolate, é importante que seja feita a limpeza do bico, caso contrário, o chocolate quente ficará com gosto amargo, de borra de café. A limpeza pode ser feita com uma cápsula azul que vem junto com a máquina ou com uma cápsula usada vazia, conforme as imagens abaixo. Veja como a água sai suja após o preparo de 1 cápsula de café.

Avaliação final:

No geral, gostei mais da Dolce Gusto, pois as bebidas possuem mais quantidade (apesar de às vezes precisar de 2 cápsulas e ficarem mais caras), a limpeza dela é mais fácil e não precisa limpar a cada uso. Há sabores que só vendem exclusivamente no site, com isso tem que pagar o frete, deixando valor da cápsula ainda mais caro.

Com relação à 3 corações, gosto muito de poder adicionar mais água no reservatório sem precisar tirar o recipiente da máquina. Além disso, o Cappuccino desta máquina é muito mais gostoso que o da Dolce Gusto. No entanto, há bebidas com leite na Dolce Gusto, como Latte Macchiato Vanila que é excelente.
Minha Avaliação das Máquinas




quinta-feira, 9 de março de 2017

Viagem Gastronômica pelo México

Viajar ao México é muito mais que conhecer os lugares e tirar fotos. É um país cheio de histórias milenares e com uma gastronomia muito diversificada, pois cada região tem a sua própria comida. A pimenta é opcional e sempre muito bem-vinda para os que gostam.

Em um restaurante de Oaxaca
Experimentei comidas na Ciudad del Mexico, Mérida, Valladolid, Cancun e Oaxaca, todas muito saborosas.

Dentre elas teve a típica Tortilla sempre estava presente, assim como a Tortilla crocante usada para fazer os Nachos.

  • Ciudad del México: Enchilladas, Tacos, Burritos e  Chapulines 
  • Mérida: Huevos Rancheros 
  • Yucatán: Pollo Pibil 
  • Oaxaca: Tlayuda, Mole Negro, Cecina, Quesillo, Paletas (picolé) e Elotes de Maíz (Milho Cozido). 

Oaxaca de Juárez é uma cidade muito acolhedora, com muitos mercados populares e gente muito simpática.


No mercado 20 de Noviembre de Oaxaca, comprei uma prensa para tortilhas, o que ajuda bastante na hora de preparar. No entanto, a prensa deixa a tortilla um pouco grossa, recomendo passar um rolo.

Lá pude aprender como fazer as tortillas de maíz e até mesmo comprar a farinha de milho que é utilizada na fabricação (Maseca). Consegui trazer 2kg desta farinha para o Brasil.


Algumas fotos das comidas que foram citadas com suas respectivas cidades:

Almoço em Shopping na Ciudad del México

Pollo Pibil (Comida Yucateca)

Huevos Hancheros (Mérida)

Elote (Oaxaca)

Tlayuda (Oaxaca)

Pollo con Mole Negro (Oaxaca)

Sanduíche de Pollo (Oaxaca)



terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Torta de KitKat

Com a mesma receita do bolo de chocolate que faço os cupcakes, resolvi fazer para a festa do meu filho uma Torta de KitKat, bem recheada e muito bonita. A primeira eu fiz apenas para ser degustada ao final da festa e tem um laço vermelho só para segurar os KitKats. A torta foi um sucesso!

Torta de KitKat com recheio de castanha
Depois fiz outra torta para uma confraternização, cujo tema era Anos 80. Uma amiga deu a ideia de colocar uma base de isopor de 30 cm para o bolo coberta com EVA preto com glitter, ficou excelente, pois o bolo pôde ser colocado na mesa e ficou com uma altura perfeita. (Dica: o EVA foi colocado com alfinetes)

A montagem do bolo foi feita com 2 bolos, ou seja, 2 receitas do bolo de chocolate, em formas de 20cm de diâmetro e altura de 8cm. Os recheios foram feitos de castanha com doce de leite e ganache de chocolate meio amargo. As camadas dos bolos foram cortadas usando o cortador profissional que apresentei no outro post. Para "colar" o KitKat no bolo, fiz uma cobertura de ganache com chocolates 30% meio amargo e 70% ao leite. 


Montagem das camadas do bolo
A quantidade de KitKat necessária depente do comprimento da circunferência do bolo. No caso da forma de 20 cm de diâmetro, o bolo ficou com 62 cm de comprimento. A conta é bem simples, cada embalagem de KitKat tem 6cm de largura, logo foram necessários 11 pacotes de KitKat, mas é sempre bom comprar alguns pacotes extras para o caso de algum chocolate vir danificado, comprei 2 extras e foram suficientes.

Para finalizar o acabamento, coloquei bolinhas coloridas de M&M (ou equivalente). Em uma pesquisa na internet, descobri que é possível colocar qualquer tema de festa em um bolo de KitKat, basta revelar fotos com os personagens ou imagens da festa e colocar em cima, que fica muito bom.

Torta de KitKat com o tema de Anos 80


quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Jantar Italiano Completo

O 30º teste prático do curso de gastronomia básico do SambaCooking foi preparar um jantar completo utilizando algumas das receitas do curso. Foi necessário escolher uma entrada, o primeiro prato, o segundo prato e uma sobremesa.

As receitas que eu escolhi foram:
  • Entrada: Pinzimonio con Vinaigrette
  • Primeiro Prato: Fusilli alleVerdure
  • Segundo Prato: Carne Grelhada com Fondo Bruno
  • Sobremesa: Pasta Frolla com Morangos


Teste Prático 30 - Jantar Italiano

Minha estratégia para conseguir fazer este jantar foi fazer o mise en place de todos os legumes para o Pinzimonio e o Fusilli no dia anterior juntamente com o Vinaigrette da entrada. Tive o cuidado de guardá-los na geladeira todos bem tampados. Além disso, preparei também a Pasta Frolla e já deixei assada nas forminhas (sem o recheio). Outra coisa que eu já tinha feito e congelado foi o Fondo Bruno, pois ele demanda muito tempo de preparo, então é importante que ele já esteja pronto.

Legumes Fritos para o Fusilli alle Verdure
Antes de servir tive que preparar assar os legumes (Abobrinha, Pimentão Amarelo, Cebola, Cenoura e Ervilha) para o Fusilli e cozinhar o macarrão parafuso. Em seguida, assei a carne, montei o Pinzimonio e por fim recheei as tortinhas com morango.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Cupcake Red Velvet

Uma vez um colega me deu de presente um Cupcake vermelho com um nome esquisito, era o Red Velvet, não entendi o porquê daquele nome, mas gostei bastante. Fiquei curiosa para saber como fazia e encontrei a receita abaixo, ficou excelente!!

Só para constar, a receita original era feita com beterraba e por isso ficava com esta cor.

Cupcake Red Velvet

Massa do Bolo:


Ingredientes:
  • 100ml de leite aquecido
  • 45g de manteiga
  • 20g de chocolate em pó peneirado 
  • 30g de corante vermelho em gel 
  • 3 ovos
  • 270g de açúcar 
  • 1⁄2 colher (chá) de vinagre branco
  • 210g de farinha de trigo peneirada 
  • 1⁄2 colher (sopa) de fermento em pó peneirado
Modo de Fazer:

Em uma tigela, derreter a manteiga no leite aquecido, mexendo com um fuê ou com uma batedeira até ficar uniforme. Colocar o chocolate em pó peneirado, bater mais um pouco. Em seguida colocar o corante vermelho e continuar batendo só para ficar homogêneo. Adicionar na mistura os 3 ovos e bater por 3 min. Colocar o açúcar, o vinagre e bater por mais 3 min. Por fim, adicionar a farinha de trigo peneirada e bater até a ficar bem homogênea. Por fim, desligar a batedeira e colocar o fermento e pó e misturar com o fuê levemente.

Olha que cor linda!! ^_^

Recheio:

Ingredientes:
350g de cream cheese amolecido
150g de manteiga amolecida
675g de açúcar de confeiteiro peneirado
1⁄2 colher (café) de essência de baunilha
1 pacote de gelatina em pó sem sabor (12 g) hidratada e dissolvida em 4 colheres (sopa) de água


Modo de Fazer:

Na batedeira coloque 350g de cream cheese amolecido, 150g de manteiga amolecida e bata em velocidade alta até ficar cremoso (cerca de 40 segundos).

Junte 675 g de açúcar de confeiteiro peneirado, ½ colher (café) de essência de baunilha e bata rapidamente até misturar (40 segundos).

Com a batedeira ainda ligada, adicione em fio 1 pacote de gelatina em pó sem sabor (12 g) hidratada e dissolvida em 4 colheres (sopa) de água.

Desligue a batedeira e reserve a mistura na geladeira.

Usar um saco de confeiteiro com o bico "Pitangão" para decorar os cupcakes.


DICA:

¹ Usei a máquina de fazer cupcakes.

Usei a máquina Cupcake Maker I da Britânia

² Usei o corante em gel da Arcolor vermelho.




Torta de Chocolate Simples ou Cupcakes

Quando você for receber seus amigos em casa e não quiser ter muito trabalho, pode fazer uma torta de chocolate bem simples, que com certeza irá agradar a todos (claro que toda regra tem exceção). 

Esta mesma torta me quebrou o galho 2 vezes em dias consecutivos. Recebi a visita de uma amiga, fiz a torta em 1h, já contando com o tempo de assar e finalizar, a torta foi um sucesso. Para minha surpresa, no dia seguinte, recebi a visita de meus tios e por sorte ainda tinha metade da torta, foi um ótimo lanche da tarde.



Torta de Chocolate


Massa do Bolo:

Ingredientes:
  • 1 xícara de farinha de trigo;
  • 1 xícara de açúcar;
  • 150g de manteiga amolecida;
  • 2 ovos;
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha;
  • ½ xícara de leite;
  • 1 colher (chá) de fermento em pó;
  • 1/4 xícara de cacau em pó; (Usei o cacau em pó 70%, mas pode ser o 50%)
  • 1 colher (café) de sal;
  • 1 pitada de bicarbonato de sódio.

Modo de fazer:

Bater em uma batedeira, ou com fuê em uma tigela, a manteiga com o açúcar até formar um creme em seguida acrescentar os ovos, um a um, sem parar de bater.

Acrescentar a essência de baunilha e bater mais um pouco. Logo após, adicionar a farinha de trigo e misturar até ganhar uma consistência homogênea. Adicionar o leite e o cacau em pó, revezando entre um e outro até ganhar uniformidade. Por fim, acrescentar , juntos e peneirados: o sal, o fermento em pó e o bicarbonato de sódio.

Colocar em uma assadeira redonda de 20 cm de diâmetro por 8 cm de altura. Untar com manteiga e enfarinhar. 

DICAS: 
¹ Colocar um circulo de papel manteiga no fundo para facilitar na hora de desenformar.
² Desenformar apenas quando esfriar. 

Assar por 30 min em forno pré-aquecido 180 ºC. Colocar um palito de dente para verificar se sai limpo.

Recheio de Chocolate:

Ingredientes:
  • 70g de chocolate ao leite
  • 30g de chocolate meio amargo
  • 40g de creme de leite (da caixinha - usei Nestlé)
Modo de fazer:

Aquecer o creme de leite por 45 seg no microondas. Picar todo o chocolate em uma tigela. Em seguida, adicionar o creme de leite e mexer até ficar com consistência uniforme e grossa.

Cobertura:

Ingredientes:
  • 70g de chocolate ao leite
  • 30g de chocolate meio amargo
  • 80g de creme de leite (da caixinha - usei Nestlé)
Modo de fazer:

Aquecer o creme de leite por 45 seg no microondas. Picar todo o chocolate em uma tigela. Em seguida, adicionar o creme de leite e mexer até ficar com consistência uniforme e grossa.

Montagem:

Desenformar o bolo, cortar o bolo ao meio e passar o recheio de chocolate. Colocar a outra metade do bolo por cima, tirar com cuidado o papel manteiga e jogar por cima a cobertura de chocolate. Para finalizar raspar por cima do bolo o chocolate meio amargo usando um ralador fino.

Cupcake:

Com esta mesma receita fiz também os Cupcakes abaixo, neste caso usei a cobertura mais líquida dentro do cupcake e o recheio mais grosso para usar no bico do saco de confeiteiro tipo "Pitangão".

Cupcakes para meu chá de bebê

Cupcakes para a festa de páscoa do meu filho


DICAS: 
¹ Uma forma fácil de fazer mini-cupcakes é usando uma máquina para fazer cupcakes. A minha é a Cupcake Maker I da Britânia. Em apenas 7 minutos você faz 7 cupcakes, essa massa da receita acima rende 21 a 25 cupcakes nesta máquina.

Cupcake Maker I da Britânia

² Para cortar mais fácil o seu bolo, pode ser usada uma linha, uma faca de pão ou um fio cortador de aço.


segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Pastas Frescas Recheadas

O curso de gastronomia italiano SambaCooking é bem completo, com ele aprendi a fazer Pasta Fresca Recheada e a minha primeira tentativa foi o Ravioli de Espinafre com Ricota.

A massa foi feita com a farinha 00 e ovos. O recheio de espinafre com ricota pode ser usado para lasanha, canelone ou ravioli. Como molho fiz o molho Bechamel e ficou perfeito.






Ravioli de Espinafre com Ricota

Usando a mesma receita da massa e do recheio fiz também o Canelone e ficou maravilhoso.

Canelone di Magro

Salsas de Acompanhamento

As salsas são ótimas para acompanhamento de carnes ou peixes como também podem servir de molhos para massas. Os testes práticos 16, 17, 27 e 29 foram importantes para criar salsas básicas.

A Salsa alle Noci tem um sabor bem específico de nozes e pode ser servida com uma massa. No teste eu fiz com a massa gravatinha.


27º Teste Prático - Salsa alle Noci

A Salsa Madre Vellutata que tem como procedimento base o Molho Bechamel (molho branco). Primeiramente é feito um "roux" de manteiga com farinha e logo em seguida é adicionado o líquido, que pode ser o leite (no bechamel) ou um caldo (pode ser o de galinha).

16º Teste Prático - Salsa Madre Vellutata
O Fondo Bruno possui um processo de preparo bem demorado, mas tem um resultado incrível. Esta salsa pode ser o acompanhamento de uma carne assada.

E por fim, a famosa Salsa Hollandaise, tão falada no MasterChef Brasil (3ª Temporada), que pode ser servida para acompanhar peixes ou frutos do mar.

29º Teste Prático - Salsa Hollandaise